LGSA

Capoeira, união e esperança no Dia do Voluntariado

Não é de hoje que o Mestre Hulk dedica o seu tempo para acolher e ajudar na formação de jovens do distrito de Bebedouro, em Linhares, no norte do ES. Aliás, lá se vão mais de 12 anos de trabalho voluntário utilizando os ensinamentos e a disciplina da Capoeira para criar uma nova perspectiva para crianças e adolescentes, longe do crime, das drogas e mais próxima da família e da escola. 

Foi no amor, na dedicação e na garra que o vigilante escolar Nivaldo da Cruz Santos transformou sua corda de capoeirista em ferramenta de resgate social. (Foto: arquivo Mestre Hulk)

Com o esforço dele, já passa de 100 o número de alunos que ingressaram no projeto Ginga Esperança, da Associação de Capoeira Pandeiro de Ouro. Uma trajetória de desafios e grandes superações, que na última semana ganhou um incentivo, por meio de doações do projeto Dia do Voluntariado, realizado pelo Gera Ação, grupo formado pelos empregados, terceirizados e parceiros da Linhares Geração (LGSA) e suas respectivas famílias.

“Depois de 10 anos dando aulas na rua, ano passado a prefeitura nos cedeu um lugar coberto. Isso foi um grande avanço, mas o espaço novo não tinha infraestrutura até chegar as doações feitas pela Linhares Geração, na última semana. Quando a gente faz por amor, tudo acontece! Estou animado! Vamos montar uma roda de capoeira especial para festejar”, comemora Mestre Hulk.

(Foto: arquivo Mestre Hulk)

A coordenadora do Dia do Voluntariado e técnica de Meio Ambiente da LGSA, Lorrany Souza, explicou que mesmo a pandemia tendo obrigado a mudança do formato do projeto, impedindo que os voluntários se unissem de forma presencial na atividade, a ação ainda foi significativa e é uma recompensa ver como as doações são capazes de ajudar as instituições.

“Chegamos a juntar 70 pessoas para recuperar um Centro de Educação Infantil (CEIM), há alguns anos, todos juntos e com a mão na massa. Nos últimos dois anos, porém, com a necessidade de se manter o isolamento social, devido ao coronavírus, mudamos o formato temporariamente. Temos mantido a tradição de ajudar, mas com doações realizadas com o apoio da Linhares Geração, para manter vivo o projeto”.

O Ginga Esperança recebeu tatames, 60 cadeiras, 10 mesas, 06 ventiladores, um fogão industrial e uma geladeira e, graças a parceria com a Grassi Soluções Contábeis, terá assessoria contábil profissional para a organização da associação. “A gente ligou para a Grassi, contou a história e eles se prontificaram na hora em ajudar. Estamos muito gratos”, revela Lorrany. 

A mobilização movimentou a comunidade, como conta Mestre Hulk: “os pais vieram ver as doações que chegaram! Todos ficaram muito felizes. Aqui a gente preza muito pela família e sempre estamos nos reunindo para falar sobre como estão as crianças, sobre o futuro, buscar alternativas e nos ajudar. Agora, vamos ter onde nos sentar durante as reuniões e poder oferecer até um cafezinho ou água gelada. O significado disso é imenso!”.

Além do projeto de capoeira em Bebedouro, também foram beneficiados o CEIM Rio Doce, no bairro Aviso, que ganhou um parquinho especial para as crianças e material pedagógico complementar; e a Residência Inclusiva Altamir, uma instituição que abriga e oferece assistência multidisciplinar, que recebeu 200 quilos de alimentos e material de limpeza e higiene pessoal correspondente a um mês.

O Ginga Esperança

O projeto funciona desde 2009 atendendo crianças a partir dos 6 anos de idade, da comunidade de Bebedouro. 

Para participar, o aluno precisa estar na escola e não pode se envolver com práticas ilegais ou consumo de drogas.

As aulas de Capoeira acontecem às segundas, quartas e sextas, das 18h até às 20h, e sábado de 13h até 15h. 

No primeiro sábado do mês, às 9 horas, são realizadas apresentações, no Centro de Linhares, junto com outros capoeiristas, em um evento chamado: Coletivo, gingando entre amigos. 

O Dia do Voluntariado

​​O Dia do Voluntariado é um projeto do grupo Gera Ação, que une os funcionários da Linhares Geração e outras empresas do grupo, contratados e parceiros e suas famílias em prol de uma causa maior: levar carinho e atenção a quem mais necessita. 

Iniciado em 2010, o grupo tradicionalmente elege uma instituição a cada ano para receber melhorias físicas, pequenos reparos e pintura, além de materiais de uso pessoal. 

As intervenções que o grupo realiza são definidas a partir das necessidades indicadas pela instituição contemplada e outras benfeitorias avaliadas como emergenciais pelos próprios voluntários.

Diante do advento da pandemia, para manter as regras do isolamento social, as ações foram substituídas, temporariamente, por doações feitas com recursos das empresas. 

Publicado por KICk

Tevisa - Termelétrica Viana S/A

Todos os direitos reservados à Linhares Geração S/A © Desenvolvido por