Câncer de mama: vamos falar sobre isso?

Neste mês de outubro, a LGSA , em parceria com a Tevisa, Tropicália Transmissora, PCH Braço e Povoação Energia, se uniram novamente para ajudar na luta de conscientização sobre o Câncer de Mama. Além de informativos internos para os colaboradores, com o apoio da Alper Seguros foi disponibilizada uma palestra aberta ao público, transmitida gratuitamente, pelo canal Comunica Energia, no YouTube. 

 As informações sobre a doença, sobre a importância do diagnóstico precoce e como agir, as orientações sobre hábitos saudáveis que podem evitar ou minimizar os riscos e os avanços nos tratamentos foram temas conduzidos pela enfermeira, especialista em saúde pública e qualidade de vida, com ampla experiência em Gestão de Saúde, Alecita Paula Bernardo. 

 “Praticar exercícios físicos; controlar a alimentação, evitando alimentos industrializados como enlatados e embutidos, evitar o consumo de bebidas alcoólicas; amamentar;  visitar o médico regularmente, com um acompanhamento de pelo menos uma vez ao ano; e não fumar. Essas são algumas orientações que, se seguidas, fazem muita diferença”, declarou Alecita. 

 De acordo com o Instituto Nacional de Câncer (INCA), hábitos saudáveis podem reduzir incidência de câncer de mama em 13% e poupar mais de R$ 100 milhões do SUS. 

Os principais sinais e sintomas suspeitos de câncer de mama são: caroço (nódulo), geralmente endurecido, fixo e indolor; pele da mama avermelhada ou parecida com casca de laranja, alterações no bico do peito (mamilo) e saída espontânea de líquido de um dos mamilos. Também podem aparecer pequenos nódulos no pescoço ou na região embaixo dos braços (axilas). 

 

Os colaboradores também tiveram acesso à informativos internos e um folder sobre os principais sintomas e como previr o câncer de mama, lembrando também do câncer de próstata, que vamos tratar a campanha no mês de novembro. 

 

Veja a palestra completa:


 

INCA 

 Este ano, o slogan da campanha Outubro Rosa 2022 no Brasil é: “Eu cuido da minha saúde todos os dias. E você?” O objetivo é divulgar informações sobre o câncer de mama e fortalecer as recomendações do Ministério da Saúde para prevenção, diagnóstico precoce e rastreamento da doença, a fim de contribuir para a redução da incidência e da mortalidade pela doença. 

O movimento é internacional, criado no início da década de 1990, quando o símbolo da prevenção ao câncer de mama — o laço cor-de-rosa — foi lançado pela Fundação Susan G. Komen for the Cure e distribuído aos participantes da primeira Corrida pela Cura, realizada em Nova York (EUA) e, desde então, promovida anualmente. 

 

O câncer de mama 

Ainda de acordo com o INCA, o câncer de mama é o tipo que mais acomete mulheres em todo o mundo. Para o Brasil, foram estimados 66.280 casos novos de câncer de mama em 2021, com um risco estimado de 61,61 casos a cada 100 mil mulheres. Também ocupa a primeira posição em mortalidade por câncer entre as mulheres no Brasil.  

Representação de incidencia de Câncer de Mama por Estado no Brasil em 2022 (Fonte: INCA/2022)

Publicado por KICK

Compartilhe

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no print
Compartilhar no email

Este site não coleta cookies e usa dados pessoais de acordo com o nosso Aviso de Privacidade . Para mais informações, consulte AQUI. Ao continuar navegando neste site, você declara estar ciente dessas condições.